quinta-feira, 20 de novembro de 2008

CARTAZES DE “12 ANOS DO FESTIVAL DE CINEMA DE AVANCA” EM EXPOSIÇÃO EM AVEIRO

Os cartazes que desde 1997 marcaram cada uma das edições do “AVANCA – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia”, estão em exposição até 5 de Dezembro na Galeria Labirinto do IPJ em Aveiro.

A mostra é um espaço privilegiado para descobrir a evolução gráfica do festival e a obra do designer Gabriel Rego.
Licenciado em Designer e Comunicação pela Faculdade de Belas-Artes do Porto, Gabriel Rego tem sido o responsável pelo designer do festival de cinema de Avanca.
Desenvolvendo projectos de design gráfico, o seu nome tem estado associado a vários eventos culturais e edições de livros e revistas.
É igualmente docente de áreas artísticas.

A Festival de Cinema de Avanca tem acontecido anualmente na última semana de Julho, reunindo filmes em competição de mais de 60 países e reunindo personalidades do cinema mundial que ali orientam workshops nas diferentes áreas dos audiovisuais.
O AVANCA tem sido considerado o maior evento no espaço europeu de workshops internacionais nesta área de produção cultural.

A exposição poderá ser visitada entre as 9 e as 20 horas até 5 de Dezembro na Galeria Labirinto no Instituto da Juventude, Rua das Pombas em Aveiro.

FALECEU O CINEASTA CARLOS SILVA, AUTOR DE “MORTINHO POR CHEGAR A CASA”


Faleceu no passado dia 15 de Novembro o cineasta Carlos Silva, que em 1996 escreveu e co-realizou a longa-metragem “Mortinho por Chegar a Casa”, um dos maiores sucessos de público e crítica do cinema português.
Tendo sido recentemente membro do Júri Internacional do Festival de Cinema AVANCA’08, Carlos Silva preparava um novo filme que se iria chamar “O Último Contrabandista”.
Nascido em Setúbal, Carlos Silva iniciou a sua carreira como actor no Theâtre de Paris sob a direcção de Luchino Visconti e no cinema com Claude Lelouch.
Em Cannes, foi director do MIP-TV, um dos mais importantes mercados mundiais do cinema e televisão, durante os seus dois primeiros anos de existência.Trabalhando em produção, esteve associado à produção de filmes com figuras míticas do cinema europeu, como Jean Gabin, Gérard Depardieu e Ben Kingsley.
Em Portugal realizou com o holandês George Sluizer “Mortinho por Chegar a Casa”, protagonizado por Diogo Infante e Maria d’Aires, filme premiado em vários festivais.
Este filme foi durante vários anos exibido em várias escolas do Distrito de Aveiro com a presença do realizador que animou debates com os alunos, sempre muito participados. Estas exibições integravam o projecto “Cinema nas Escolas” organizado pelo Cine-Clube de Avanca e o Centro da Área Educativa de Aveiro com o apoio do ICA / Ministério da Cultura.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

FILME “TIMOR LORO SAE” RELEMBRA OS 17 ANOS DO MASSACRE NO CEMITÉRIO DE SANTA CRUZ


Em exibição em Estarreja com a presença de D. Ximenes Belo e em exposição na FNAC em Gaia

“Timor Loro Sae”, a curta-metragem de animação que Vítor Lopes realizou e o Cine-Clube de Avanca produziu, será exibida na próxima quarta-feira às 21h na Biblioteca Municipal de Estarreja.
A exibição contará com a presença de D. Ximenes Belo, antigo Bispo de Dili e Prémio Nobel da Paz, que irá recordar os 17 anos do massacre no Cemitério de Santa Cruz, ocorrido no preciso dia 12 de Novembro.

O filme narra a história do povo timorense que, após 500 anos de colonialismo, resistiu a 26 anos de ocupação indonésia.
Sendo uma obra que se inicia com as lendas da fundação da ilha, é sobretudo um filme sobre a guerra e o sofrimento.

Imagens e desenhos originais do filme estão entretanto em exposição na FNAC de Gaia, assinalando também este dia tristemente célebre.

Vítor Lopes é um dos realizadores portugueses mais premiados internacionalmente tendo este seu filme sido distinguido em Portugal, mas também na Grécia, Itália e Paquistão.
Vítor Lopes é um dos realizadores da primeira longa-metragem do cinema de animação português “Até ao Tecto do Mundo” e dois dos seus mais recentes trabalhos, “Living in the Trees” e “10 ways to eliminate a Buddhist Monk”, estão entretanto na competição internacional do CINANIMA (Festival Internacional de Cinema de Animação a decorrer esta semana na Cidade de Espinho).

O Cine-Clube de Avanca produziu “Timor Loro Sae” com apoio financeiro do ICAM / Ministério da Cultura, RTP e C. M. Estarreja, tendo estreado esta obra no AVANCA'04, o Festival de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia que fará 12 anos na sua nova edição de Julho de 2009.

sábado, 1 de novembro de 2008

“COMO TRIUNFAR COMO ARGUMENTISTA” NA FNAC


O livro “Como Triunfar como Argumentista”, de Linda Seger foi apresentado no passado dia 24 de Outubro na FNAC do Gaiashopping.

O evento contou com a presença dos tradutores Carlos Simões e Marlene Araújo, do responsável pela revisão Fernando Ferreira Alves, da Universidade do Minho, e pela responsável editorial Cláudia Ferreira, da Universidade de Aveiro.

Publicado pelas Edições Cine-Clube de Avanca, “Como Triunfar como Argumentista”, foi concebido para despertar a criatividade e para ensinar ao escritor o processo do acto criativo no contexto da escrita de argumento.
Linda Seger combina ferramentas para pensar e escrever de forma mais criativa com o saber fazer da profissão de argumentista.

Linda Seger é autora de vários livros sobre argumento cinematográfico, conferencista e uma conceituada analista de argumentos. Vários dos seus livros transformaram-se em best-sellers no mercado americano, nomeadamente “Making a Good Script Great”, “Creating Unforgettable Characters” e “Making a Good Writer Great”.
Desde 1981, Linda Seger tem trabalhado como consultora de argumento em mais de 2000 filmes e programas de televisão, alguns deles realizados por Peter Jackson, John Boorman, Clint Eastwood, Abel Ferrara, Roland Emmerich, John Irvin, Kayo Hatta, etc. Colaborou com variadíssimas companhias do cinema e televisão de todo o mundo, nomeadamente as norte-americanas ABC, CBS, NBC Networks, Disney, Turner Network, organizações profissionais como a Motion Picture Academy, American Film Institute e grémios de realizadores e argumentistas nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Rússia e em vários países europeus. Professora de argumento em numerosas universidades americanas (UCLA, USC, Grand Canyon College, McPherson College, University of LaVerne. The Colorado College, UC-Santa Barbara, Biola College, University of Wisconsin), tem leccionado em diversas escolas de cinema e televisão na Suiça, Dinamarca, Austrália, Alemanha e Rússia.Tendo realizado seminários e consultadoria em mais de 30 países, Linda Seger esteve pela primeira vez em Portugal a orientar um workshop integrado no Festival de Cinema AVANCA’08, que decorreu no passado mês de Julho.

A tradução para a língua portuguesa deste best-seller inscreve-se na aposta das Edições Cine-Clube de Avanca em editar obras cimeiras na área dos audiovisuais.
“Como Triunfar como Argumentista”, cujo subtítulo é “Um livro de exercícios sobre criatividade”, é o número 7 da Colecção Comunicação e Arte.